Categorias

O que é Análise Técnica: um guia para iniciantes

Sumário

Tempo de leitura: 3 minutos.

Saber quando iniciar e quando encerrar uma operação na bolsa de valores é uma decisão crucial para alcançar bons resultados. Se a estratégia é de curto prazo, isso se torna ainda mais relevante. Por esse motivo, é importante saber o que é análise técnica.

Por meio desse tipo de avaliação, você poderá obter informações sobre os preços de ativos e derivativos, além de identificar as oportunidades disponíveis no mercado. Ainda, é preciso realizar a análise com cuidado, conhecendo suas características principais.

Acompanhe este artigo até o final para saber o que é análise técnica, como ela funciona, para que serve e quando se deve usá-la.

O que é análise técnica?

O funcionamento da análise técnica – ou análise gráfica – está atrelado à chamada Teoria de Dow. Essa tese afirma que os preços existentes na bolsa de valores podem refletir os acontecimentos relevantes do mercado.

Ou seja, seguir essa teoria significa que os preços de ações de uma companhia, por exemplo, já refletem notícias relevantes sobre ela. Isso porque os participantes do mercado reagem às notícias e precificam os ativos.

Assim, a dinâmica explica por que o preço de uma ação de determinada empresa cai se ela divulga um balanço com resultados negativos, ou se o setor da companhia é afetado negativamente, por exemplo. O movimento oposto – de valorização – também acontece.

Dessa forma, o trader pode tirar conclusões a partir do gráfico, sem precisar considerar burburinhos do mercado ou os fundamentos das empresas.

Além disso, outro ponto importante para a análise técnica é o fato de o mercado se movimentar em tendências. Logo, dá para tentar entender o comportamento dos preços ao avaliar as informações sobre a continuidade ou reversão da tendência observada até o momento.

Quais são as principais características da análise técnica?

Depois de compreender o funcionamento da análise técnica, você já tem uma ideia sobre a dinâmica da estratégia. Porém, ainda é preciso conhecer outras características importantes para o seu dia a dia como trader.

Então, descubra, na sequência, alguns pontos importantes sobre a análise gráfica:

Leitura e análise do gráfico

A análise técnica pode ser feita com diferentes tipos de gráficos – como o gráfico de linhas ou de velas (candlestick). A partir da escolha do tipo que melhor se encaixa nas suas estratégias, é possível fazer a leitura e a análise.

Ainda, você pode definir o tempo gráfico analisado . A decisão vai depender da estratégia de cada trader e o tipo de operação. O day trade, por exemplo, exige gráficos intradiários, enquanto o swing trade permite o uso de tempos gráficos mais amplos.

Além disso, o gráfico mostra ao trader informações como preços de abertura e de fechamento de um ativo ou derivativo, volume financeiro e outros elementos que ajudam a compreender o cenário do mercado.

Indicadores técnicos

Para aprofundar a avaliação das suas operações, é interessante usar indicadores gráficos. Há diversas opções, como o suporte e a resistência, as médias móveis, o Índice de Força Relativa (IFR ou, em inglês, RSI, para Relative Strength Index) e outros. Eles ajudam a analisar mais profundamente os movimentos do mercado.

Unir diferentes indicadores permite compreender melhor a situação e buscar oportunidades para trades.

Padrões gráficos

Como o mercado se comporta em tendências, o surgimento dos padrões gráficos se torna possível. Eles são padrões visuais que podem apontar movimentos específicos. Alguns exemplos são as bandeiras, triângulos, martelos e topo duplo.

Para que serve a análise técnica?

Como você viu, o principal objetivo da análise técnica é ajudar na identificação de padrões e tendências de movimento dos preços do mercado. A partir disso, é possível embasar sua tomada de decisão, sabendo quando comprar ou vender um ativo ou derivativo no curto prazo.

Porém, é importante ressaltar que a análise não elimina os riscos, já que o mercado pode se comportar de maneira diferente do previsto. Apesar disso, o embasamento aumenta suas chances de acertar na escolha das operações de trading.

Como o trading está mais suscetível à volatilidade, as operações desse tipo tendem a ser mais arriscadas. Assim, a análise serve para diminuir parte desses riscos. Afinal, ela permite tomar uma decisão com base em dados, o que pode reduzir a chance de erros.

Além disso, uma vez que a análise gráfica tem como base ajudar a entender o comportamento do ativo ou derivativo, ela ajuda o trader a identificar oportunidades. Dessa forma, se for bem usada, a análise técnica pode aumentar o seu aproveitamento em relação às oscilações do mercado.

Quando usar a análise técnica?

Devido às suas características, o ideal é que a análise técnica seja adotada em operações de curto e curtíssimo prazo. Isso porque o foco está na variação de preços e de volume de negociação. Além disso, as projeções costumam ser mais assertivas apenas em um período limitado de tempo.

Caso o interesse seja fazer investimento na renda variável, visando manter um ativo para o longo prazo, pode ser melhor usar a análise fundamentalista para embasar suas decisões. Afinal, como o nome sugere, ela considera aspectos fundamentalistas, como histórico de balanços, vantagens competitivas e governança – ajudando a identificar a qualidade de uma empresa.

Quais cuidados ter ao usar a análise técnica na bolsa?

Agora que explicamos o que é análise técnica e como ela funciona, você precisa saber que é essencial ter cuidado ao considerar seus objetivos.

Não se esqueça de que a análise técnica é mais útil para operações de curto prazo. Assim, se as suas metas envolvem o longo prazo, é mais seguro complementá-la com outros tipos de análise. Também precisamos saber fazer a leitura das movimentações no mercado e fazer uso de ferramentas como os indicadores durante suas análises.

Contar com uma boa plataforma e um suporte adequado também pode fazer a diferença nas suas operações e ampliar as chances de sucesso nos seus trades.

Nesse conteúdo, você viu que a análise técnica ajuda a identificar tendências e prever comportamentos no mercado – abrindo oportunidades para quem deseja operar na bolsa. Mas lembre-se de que, mais do que ter acesso a recursos que favoreçam a avaliação gráfica, investir em conhecimento é indispensável para todo trader.

Pensando nisso, nós criamos uma biblioteca digital com e-books de variados assuntos do mercado financeiro, para ajudar você a se tornar o investidor e trader que sempre quis ser.

Com a Nomos, você pode operar com grandes nomes do mercado. Nossos clientes têm acesso gratuito e exclusivo à Sala de Trading, onde eles acompanham analistas certificados operando ao vivo.

Além de tudo isso, você ainda pode contar com suporte completo para turbinar seus resultados.

Clique aqui e descubra como a Nomos pode te acompanhar na sua jornada trader!

Este artigo foi útil? Avalie:

 

Esse artigo foi útil? Avalie:

Preencha o formulário para ser redirecionado ao WhatsApp e entrar em contato com o nosso time

Receba sempre os melhores conteúdos e torne-se o investidor que sempre quis ser

Entenda mais sobre nossos termos e políticas