Categorias

Gerenciamento de risco no Day Trade: Dicas essenciais  

Sumário

Tempo de leitura: 4 minutos.

Ao buscar formas rápidas de ganhar dinheiro, muitas pessoas encontram o Day Trade como opção. Em contrapartida, também é necessário pensar que não existem milagres e essa modalidade também pode trazer consigo alguns pontos de alerta. Um deles é a necessidade de construir um gerenciamento de risco no Day Trade que seja eficiente.

Afinal, a Renda Variável é imprevisível. Por isso, só consegue chegar longe quem possui disciplina, estratégia e um bom controle emocional.

Mas não desanime, nessa modalidade realmente é possível encontrar boas oportunidades. E para te ajudar nesse processo, separamos algumas dicas para você fazer um bom gerenciamento de risco no Day Trade.

1. Defina uma estratégia clara 

O primeiro passo para um gerenciamento de risco no day trade eficiente é o estabelecimento de uma estratégia para suas operações.

Sua estratégia serve, principalmente, para orientar quando você deve abrir ou fechar posições e quais movimentos pretende aproveitar. Sem isso, é possível acabar se deixando levar apenas pelo cenário do dia e tomando decisões com pouco embasamento – e essa não costuma ser a melhor saída.  

Tenha em mente que, em momentos de turbulência ou maior volatilidade, se não tiver um plano para servir de guia, você pode ser induzido ao erro. 

Portanto, como parte da gestão de risco no Day Trade, é fundamental criar uma estratégia que seja consistente com seus objetivos e com o quanto você deseja se arriscar.

2. Faça uma análise técnica de qualidade 

Para toda pessoa que opera Day Trade, é indispensável analisar cuidadosamente o mercado. Isso porque, normalmente, acredita-se que quando um ativo está caindo, ele é uma boa oportunidade de compra – e de modo análogo, a alta precede uma venda.

Mas a realidade é que não funciona sempre desse jeito. E ao invés de definir modos de agir com base em conceitos pré definidos e sentimentos, é importante saber analisar a situação graficamente.

Ao utilizar indicadores específicos, é possível medir a amplitude de movimentos, confirmar tendências, encontrar indícios de reversão e diversas oportunidades. Também é dessa forma que você pode entender o melhor momento de abrir ou fechar posições.

Outra questão que você deve ficar de olho são os padrões gráficos. Como o mercado se move em tendências, esses padrões podem ser decisivos para você antecipar um movimento e sair na frente.

3. Conheça os mecanismos de proteção

O Gerenciamento de Risco no Day Trade também deve envolver os mecanismos de proteção. Eles funcionam de maneira automática e garantem o encerramento da posição quando determinado patamar é alcançado.

Um desses mecanismos é o Stop Loss. Ele permite que o Trader defina um valor máximo de perda que, quando atingido, leve ao fechamento da posição. Dessa forma, ele te ajuda a limitar seus prejuízos operando vendido ou comprado.

Outro mecanismo interessante é o Stop Gain. Ao contrário do Loss, ele consiste no estabelecimento de um limite de ganho que, ao ser alcançado, também leva ao fechamento da posição.

Mesmo limitando os ganhos, o Stop Loss pode ser muito eficiente para elevar o aproveitamento da operação. Para entender como, vamos exemplificar:

➜ Pense em uma posição comprada de uma ação a R$ 10,00. 

Pela volatilidade do mercado, ela chega a R$ 10,40 e, depois, a R$ 11,00 – mas cai a R$ 9,80 na sequência.

Nesse caso, ao atingir a última cotação com o ativo, o trader teria perdido todo o ciclo de valorização, e ainda teria um pequeno prejuízo. 

Já com um stop gain em R$ 10,30, por exemplo, as ações seriam vendidas assim que atingissem esse patamar. 

Ou seja, embora o lucro fosse menor que o potencial, de alcançar R$ 11,00, o stop gain garantiria a obtenção de ganhos com o movimento. 

Trading Data - Relatório Operacional para o Gerenciamento de Risco no Day Trade

4. Use uma boa plataforma de trading 

Uma das melhores formas de cuidar do seu gerenciamento de risco no Day Trade é através do uso de uma plataforma adequada ao trader. Com a ferramenta certa e a orientação adequada, fica muito mais simples definir e utilizar os mecanismos de proteção, evoluir na análise técnica e fazer negociações com mais rapidez. 

Por exemplo, ao contar com uma plataforma robusta, é possível personalizar seu layout, definir atalhos e acompanhar melhor seus resultados. Assim, além de ver o retorno dos investimentos, vale a pena acompanhar o payoff do trading – ou média de ganho das operações. 

Quando você não utiliza uma boa plataforma, por outro lado, corre o risco de ter informações defasadas e que podem levá-lo ao erro. Também podem surgir dificuldades para colocar a estratégia em prática, tanto por problemas operacionais quanto por dificuldades para entender o layout e as funcionalidades. 

Portanto, é preciso escolher o recurso adequado para as suas necessidades, buscando alternativas que favoreçam suas operações. 

Aqui na Nomos, oferecemos dezenas de plataformas de negociação avançadas para você operar com o máximo da sua performance, além de diversos outros benefícios para Traders. Afinal, não recebemos o título de “Casa do Trader” em vão.

Fale com o nosso time e conheça todas as vantagens da nossa assessoria gratuita.

5. Controle emocional 

Um dos maiores desafios que qualquer pessoa passa no dia a dia é ter que lidar e controlar as próprias emoções – no Trading não seria diferente. O grande problema é que, quando o emocional interfere nas decisões, pode causar grandes problemas.

➜ Considere, por exemplo, um trader que realiza operações compradas com ações.

Em determinado momento, o mercado sofre uma queda brusca. Se o trader se apavorar com a possibilidade de quedas maiores, corre o risco de fazer a venda e consolidar prejuízos que, talvez, em um prazo maior, fossem revertidos.

O mesmo vale para situações consideradas otimistas. Se o Trader se empolgar diante de um cenário favorável, por exemplo, pode terminar fazendo projeções muito positivas que podem não se concretizar. Elevando assim as suas chances de prejuízo apenas por conta da euforia.

É nessas horas que ferramentas como o Stop Loss e Stop Gain, que falamos acima, podem fazer toda a diferença. 

Dessa forma, é fundamental manter o controle emocional para ser capaz de seguir a estratégia definida. E assim operar na bolsa com mais planejamento e ter um gerenciamento de risco no Day Trade mais eficaz. 

Uma maneira de reduzir os impactos emocionais durante as operações é utilizando estratégias automatizadas. Contando com a nossa assessoria, além de ter acesso à plataformas que permitem a inclusão de robôs, você ainda pode contar com um Marketplace exclusivo de Robôs de Trade, a OnTick.

Clique aqui para saber mais sobre a OnTick.

Ebook Estratégias Automatizadas - Gerenciamento de Risco no Day Trade

6. Estude o mercado com frequência

Além de considerar as nossas dicas, se manter sempre atualizado sobre o mercado é essencial. Só com estudo contínuo é possível evoluir de verdade e ter um melhor aproveitamento.

Para trilhar esse caminho rumo ao conhecimento, você pode contar com o time da Nomos. Além de ter toda a orientação necessária para montar uma carteira de acordo com o seu perfil e um suporte operacional para diferentes plataformas, também assumimos o compromisso com fortalecer seu aprendizado sobre o mercado financeiro. 

Outra dica para quem está começando é acompanhar especialistas que possuem uma experiência de mercado mais longa.

Clientes Nomos têm acesso a uma Sala de Trading exclusiva com grandes nomes do trading para seguir Calls, desenvolver estratégias e assistir operações em tempo real.

Quer ter acesso à Sala e muito mais benefícios da nossa assessoria gratuita? Clique aqui e fale com um orientador da Nomos.

Esse artigo foi útil? Avalie:

 

Esse artigo foi útil? Avalie:

Preencha o formulário para ser redirecionado ao WhatsApp e entrar em contato com o nosso time

Receba sempre os melhores conteúdos e torne-se o investidor que sempre quis ser

Entenda mais sobre nossos termos e políticas