Categorias

Como definir stop loss e stop gain em uma operação? 

Sumário

Tempo de leitura: 3 minutos.

Stop Loss e Stop Gain são ferramentas amplamente conhecidas no trading. Ambas são utilizadas para solucionar uma das maiores questões na vida do trader na bolsa de valores: Saber o momento exato de encerrar uma operação – seja ela no lucro ou no prejuízo.

Não há como prever o ponto no qual o preço de um ativo ou derivativo para de subir ou cair, mas com o avanço da tecnologia, algumas plataformas fornecem ferramentas para auxiliar o trader a fazer esse gerenciamento.

Continue lendo este artigo e conheça as ferramentas de stop loss e stop gain, e a forma de defini-los. Assim, suas chances de ter consistência em suas operações na bolsa poderão ser maiores. 

O que é stop loss e stop gain? 

A palavra inglesa “stop”, presente em ambas as expressões, significa “pare” ou “parada”. Já os termos “loss” e “gain” se referem à “perda” e “ganho”, respectivamente. No mercado financeiro, eles representam um mecanismo que limita o prejuízo ou o lucro em uma operação. 

Embora possam atender a investidores de longo prazo, são ferramentas que fazem mais sentido dentro do trade. Isso porque, no day trade e no swing trade, o trader busca lucrar com pequenas variações de preço no curto ou curtíssimo prazo – às vezes, no mesmo dia.  

Com isso, o trader não pode deixar passar uma oportunidade de encerrar uma operação com lucro – nem permitir que ela atinja um prejuízo que saia de seu controle. E justamente o stop e stop gain servem para estabelecer esses limites, seja de ganho ou perda. 

Em um primeiro momento, pode não fazer muito sentido fixar um limite para os seus ganhos. Contudo, como se trata de renda variável, lembre-se de que os preços estão em constante movimento – e uma operação vencedora pode ser revertida para prejuízo rapidamente. 

Como funcionam o stop loss e o stop gain? 

Na prática, as ordens de stop são programadas pelo próprio trader em sua plataforma. A forma de configurá-las pode ser diferente em cada uma delas, então vale a pena consultar o manual ou o suporte da plataforma escolhida. 

Ao configurá-las, o trader abre uma posição de mercado e fixa o alvo de lucro e prejuízo. Assim que o preço do ativo ou derivativo operado atingir algum deles, a operação é encerrada automaticamente. 

Por exemplo, imagine que você tenha comprado uma ação cotada a R$ 50 e tenha definido um stop loss em R$ 45 e um stop gain a R$ 60. Ao longo do dia, os preços tendem a se movimentar, considerando que outros participantes também estão negociando os mesmos papéis. 

Caso o preço suba, a ordem de stop gain é acionada logo que o preço atingir R$ 60. Isso proporcionará um lucro de R$ 10 por ação adquirida. Além disso, a ordem será emitida automaticamente – sem a necessidade de acompanhar o mercado em tempo real. 

Agora, suponha que a ação tenha uma queda expressiva – e recue para R$ 40. Nesse caso, é esperado que o stop encerre a posição do trader logo que o preço atinja R$ 45. Isso limitaria o prejuízo a R$ 5 por papel, ao invés de R$ 10 diante da desvalorização do ativo. 

Quais são as vantagens e desvantagens de utilizá-los? 

Após saber o que é stop loss e stop gain, além de como funcionam, é ideal conferir também as suas vantagens e desvantagens. 

Como você viu, ao utilizar os mecanismos de stop loss e stop gain fica mais fácil de gerenciar os riscos. Geralmente, o sucesso de um trader está atrelado a um bom manejo dos riscos. Ou seja, ele precisa saber potencializar seus ganhos, ao passo que limita suas perdas. 

Na renda variável, não há como antever com precisão todos os movimentos que acontecerão – nem sua intensidade. Ainda assim, com o uso dessas ferramentas, o trader tem como fixar a quantia que está disposto a arriscar em comparação ao lucro que deseja obter. 

Quem opera day trade ou swing trade costuma acompanhar o mercado com bastante frequência. Ao cadastrar as ordens de stop loss e gain, as operações serão encerradas automaticamente quando os preços atingirem o limite fixado. 

Portanto, essa pode ser uma boa ferramenta para quem não deseja acompanhar o mercado tão de perto. Além disso, diante dessa automação, as ordens tendem a ser lançadas mais rápido que o preenchimento manual, o que pode ser bastante vantajoso em períodos de alta volatilidade. 

Já em relação às desvantagens, é preciso considerar que cadastrar um stop gain limita lucros maiores. Assim, vale a pena encontrar um equilíbrio para utilizar a ferramenta em favor das suas operações. 

Como definir o stop loss e o stop gain? 

Se você opera ou pretende operar no mercado, saber definir o stop loss e stop gain pode fazer a diferença nos resultados. Estabelecer estes patamares em suas operações é bastante simples: basta configurar o stop no home broker ou plataforma trader que você utiliza para acessar a bolsa de valores. 

A definição da estratégia, no entanto, deve se enquadrar no seu perfil e objetivos financeiros. Lembre-se de que são muitos fatores que podem influenciar no operacional de um trader – como a exposição financeira, tempo disponível para negociar, ativo ou derivativo operado, etc. 

E utilizar parâmetros gerais, traçados por outra pessoa, pode não dar certo para você. Portanto, é preciso encontrar as métricas que atendam ao seu operacional. 

Uma dica interessante para definir o stop loss e stop gain mais alinhados às suas estratégias é estabelecer limite de perdas que permitam um maior controle de riscos. 

Por exemplo, ao estabelecer um stop gain maior que um stop loss, uma operação vencedora poderá compensar as perdas de uma alternativa que não deu certo – e ainda proporcionar uma margem de lucro. Contar com indicadores gráficos para estabelecer o patamar limite da operação também pode fazer sentido. 

Por isso, é recomendado que o investidor conheça bem as estratégias que serão utilizadas, além de definir alvos de ganho e perda de acordo com seu gerenciamento de risco. Assim, suas chances de usar ferramentas a seu favor das suas operações e encontrar a consistência no mercado serão maiores. 

Conte com suporte qualificado nessa jornada 

Agora que você sabe como definir stop loss e stop gain, não deixe de continuar estudando sobre o mercado e sobre as ferramentas operacionais. Caso surja alguma dúvida, conte com o suporte de uma assessoria – como a Nomos. 

Isso porque um assessor de investimentos pode trazer informações qualificadas sobre o mercado financeiro e ajudá-lo em sua jornada enquanto especulador. 

Se você é trader ou pensa em ser um, nós recomendamos que você conheça a Nomos. Somos uma assessoria focada no trader – e oferecemos uma experiência única de atendimento. 

Quer saber mais sobre? Então clique aqui e converse com um assessor da Nomos!

Esse artigo foi útil? Avalie:

 

Esse artigo foi útil? Avalie:

Preencha o formulário para ser redirecionado ao WhatsApp e entrar em contato com o nosso time

Receba sempre os melhores conteúdos e torne-se o investidor que sempre quis ser

Entenda mais sobre nossos termos e políticas