Categorias

5 alternativas para investir a longo prazo na bolsa de valores

Sumário

Tempo de leitura: 3 minutos.

Se você deseja investir seu dinheiro de forma inteligente, é necessário conhecer as diferentes estratégias existentes para cada um de seus objetivos. Afinal, existem inúmeras possibilidades que servem a propósitos distintos, como é o exemplo das alternativas para investir a longo prazo.

É comum, por exemplo, muitas pessoas verem os investimentos na bolsa de valores como possibilidades de enriquecer no curto prazo, buscando altas rentabilidades em pouco tempo. Contudo, também é possível operar com intenções de longo prazo, inclusive com riscos inferiores às operações de day trade, por exemplo.

Continue a leitura deste artigo e descubra 5 alternativas presentes na Bolsa de Valores para investir a longo prazo!

O que é um investimento de longo prazo?

O prazo de um investimento está diretamente ligado ao período em que o dinheiro ficará alocado em determinado ativo. São considerados investimentos de longo prazo aqueles que duram 5 anos ou mais.

Além dessas definições, é importante tomar cuidado para não confundir o conceito de prazo com o de liquidez. Quando falamos de liquidez, estamos nos referindo à facilidade que determinado investimento tem em se transformar em dinheiro, de acordo com a data de resgate.

No mercado, encontramos investimentos de curto prazo que não apresentam alta liquidez, assim como existem ativos de longo prazo com liquidez diária. Ou seja, que são resgatados ou vendidos a qualquer momento.

Por que investir no longo prazo?

Como você percebeu, estipular o prazo de seus investimentos é importante para alinhá-los com seus objetivos.

Ter uma carteira de investimentos voltada ao longo prazo é uma das indicações mais comuns para a realização de sonhos que estão mais distantes no tempo, por exemplo.

De maneira geral, quanto mais tempo você mantiver seu dinheiro investido, mais ele poderá render. Afinal, os rendimentos se acumulam e ajudam a multiplicar o patrimônio.

Quando se trata da bolsa de valores, sabemos que a volatilidade no curto prazo é alta. Desse modo, os riscos de perda podem ser maiores nesse período. Já quando se prazos mais longos, é possível lidar melhor com as oscilações pontuais.

O segredo, nesses casos, é manter a estratégia. Se os investimentos estão alocados em bons ativos, espera-se que os resultados no longo prazo sejam positivos, ainda que haja quedas no curto prazo.

Como escolher um investimento de longo prazo?

Agora você compreende o a sua importância de investir pensando no futuro. Então, é hora de entender quais aspectos você deve ponderar para montar sua carteira com ativos da bolsa de valores mantendo seus objetivos de longo prazo em mente.

Veja o que fazer a seguir!

Considere seu perfil de investidor

Antes de escolher onde aplicar seu dinheiro para o longo prazo, é importante entender a qual nível de risco você aceita ficar exposto. Assim, é necessário identificar seu perfil de investidor, que indica qual a sua tolerância ao risco e sua necessidade de segurança ao investir.

Existem três perfis de investidor, sendo eles:

  • Conservador: prioriza a segurança do investimento, mesmo que isso reduza as possibilidades de maior rentabilidade;
  • Moderado: tolera maior nível de risco, mas ainda busca certa segurança;
  • Arrojado: prioriza a possibilidade de rentabilidade do investimento em detrimento da segurança.

De modo geral, a bolsa de valores se adequa mais a investidores moderados e arrojados. Porém, ainda assim é possível encontrar ativos com menos exposição ao risco e mais vantajosos quando consideramos objetivos de longo prazo.

Estipule seus objetivos mais distantes

Se você pensa em fazer investimentos de longo prazo, deve ter objetivos para esse período, certo?

Por exemplo, é possível ter em mente a aposentadoria, reunir um valor para a educação dos filhos, comprar uma casa própria, mudar de carreira, etc.

Os objetivos são pessoais e podem variar de acordo com cada investidor. Por isso, é importante que você tenha clareza sobre eles e, principalmente, delimite um prazo para alcançá-los. Assim, ficará mais fácil fazer escolhas de investimentos.

Avalie o potencial de rentabilidade, os riscos e a liquidez envolvida

Antes de selecionar os investimentos, saiba qual o potencial de retorno deles. Por exemplo, investir em ações apresenta maiores possibilidades de ganho no longo prazo em relação a títulos de renda fixa.

Contudo, isso se deve aos maiores riscos envolvidos. Por isso, leve em conta a liquidez dos investimentos, para ter acesso ao dinheiro quando o prazo for alcançado. Na bolsa, isso não costuma ser difícil, pois a liquidez é alta na maioria das vezes.

5 investimentos disponíveis na bolsa de valores para o longo prazo

Depois de compreender o que são investimentos de longo prazo e quais características considerar na hora de fazer seus aportes, vale conferir os investimentos na bolsa de valores que podem se adequar a esse objetivo.

Confira 5 deles a seguir!

1. Ações

Provavelmente, a alternativa mais conhecida são as ações. Pode se adquirir a rentabilidade com elas de duas formas principais quando o foco está no longo prazo: com a venda dos papéis por um preço acima da compra ou pelo recebimento de proventos – como dividendos.

2. Fundos imobiliários (FIIs)

Os fundos imobiliários são fundos de investimentos voltados ao mercado de imóveis. O investidor adquire cotas do fundo e pode lucrar com a valorização delas, além de poder receber dividendos.

3. Fundos de Índice (ETFs)

Os fundos de índice também são fundos de investimentos, mas estão atrelados a um índice referencial. Assim, o gestor compõe o portfólio do fundo de acordo com a carteira teórica de um indicador, que pode ser nacional ou internacional.

4. Brazilian Depositary Receipts (BDRs)

Outra opção de investimento para longo prazo na bolsa de valores são os BDRs, que permitem a exposição do investidor a ativos estrangeiros. Isso porque eles são negociados no Brasil, mas representam frações de ações, títulos ou fundos de mercados internacionais.

5. Fundos de investimento em participações (FIPs)

Os fundos de investimento em participações (FIPs) são uma modalidade cujo objetivo é investir em empresas em fase de desenvolvimento. As companhias podem ser abertas ou fechadas e o gestor costuma ter participação ativa na administração dos negócios.

Apesar de se tratar de uma modalidade menos conhecida do investidor em geral, existem diversos FIPs listados na bolsa de valores. Assim, eles também são opções viáveis para compor uma carteira de longo prazo.

Neste texto, você conheceu 5 alternativas de investimentos na bolsa de valores que podem se adequar às estratégias de longo prazo. Como é possível notar, é necessário ter clareza com relação a seus objetivos para traçar a melhor estratégia de investimento e escolher as opções mais adequadas para você!

Clique aqui e conheça as soluções personalizadas que a maior assessoria de renda variável da XP pode te oferecer!

Este artigo foi útil? Avalie:

 

Esse artigo foi útil? Avalie:

Preencha o formulário para ser redirecionado ao WhatsApp e entrar em contato com o nosso time

Receba sempre os melhores conteúdos e torne-se o investidor que sempre quis ser

Entenda mais sobre nossos termos e políticas